Segunda-feira, 17 de junho de 2024
Tubarão
23 °C
17 °C
Fechar [x]
Tubarão
23 °C
17 °C
POLÍTICA

Ministério Público pede condenação de ex-prefeito de Pescaria Brava

Penas de Deyvisonn da Silva de Souza podem chegar a 30 anos.

Pescaria Brava, 16/05/2024 11h11 | Atualizada em 16/05/2024 11h14 | Por: Redação | Fonte: Folha Regional
Foto: Reprodução

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) apresentou nesta quarta-feira, dia 15, as alegações finais no processo do ex-prefeito de Pescaria Brava Deyvisonn da Silva de Souza.

No processo assinado por 11 promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), pede-se a condenação do ex-prefeito por organização criminosa, corrupção ativa e passiva. Somando as sanções, as penas chegam a quase 30 anos de prisão em regime inicial fechado. 

Além da prisão, o MPSC pede o pagamento de R$ 213 mil aos cofres do município, valor que segundo denúncia, Deyvisonn receberia de propina da Serrana Engenharia para facilitar a atuação da empresa em Pescaria Brava no setor de resíduos sólidos. 

TubaNews

As notícias de Tubarão e região sempre ao seu alcance.

(48) 99167-0677 | redacao@tubanews.com.br

TubaNews © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia
WhatsApp

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Ok, entendi!